Buscar
  • Henne Danif

NÃO SE PRENDA AO PLANO DE NEGÓCIO



Saudações a esse seleto público, que já tem as chaves do meu coração. Papai Hennão chegou com tudo para tratar de uma parada imperdível!

Bom, a essa altura já sabemos que é preciso um plano de negócio para começar a empreender. O lance é: Não se prenda a ele porque tudo pode mudar, meus fiii!

Os empreendedores mais renomados mundialmente ensinam que ficar comprometido demais com um plano de negócios sufoca a flexibilidade do empreendedor, torna difícil a adaptação aos desafios e o aproveitamento de novas oportunidades.

Vai vendooo!


“Se você frequentou uma escola de negócios, aprendeu que deve ter uma missão, uma visão, estratégias, objetivos e táticas. Você anota isso tudo e chama de Plano de Negócio. E isso é um componente necessário do que você está fazendo.

Mas você não deve emoldurar o plano em capa dura; deve criar o plano online, porque ele vai mudar”.


Scott Mcnealy, cofundador e CEO da Sun Microsystems


TENHA SEMPRE EM MENTE:

AS COISAS MUDAM!

“Em uma startup, as coisas mudarão em cima, embaixo e ao redor de você, mais rápido do que em qualquer outro lugar onde já trabalhou. Esteja preparado para isso, e aceite as mudanças.

Não acho que a Apple sabia que o processamento de texto seria o seu mercado nº 1, nem que a IBM percebeu de primeira que o Lotus 123 seria a razão pela qual as pessoas comprariam os seus computadores. Não acho que o Ebay sabia que o Beanie Babies seria o que veio a ser, nem que o Google começou sabendo que ranking de páginas de busca e venda de palavras-chave se tornariam o seu modelo de negócios.

Então, você tem que se preparar para dar sorte, ser oportunista, e ter o seu plano.”

Scott Mcnealy, cofundador e CEO da Sun Microsystems


Dados da Endeavor Insight confirmam que 71% dos melhores empreendedores nunca escreveram um plano de negócio.

Entre todos os entrevistados, 80% fizeram mudanças nos seus planos de negócios (ainda que mentalmente) na fase de startup.

Os empreendedores precisam ter um conceito bruto de estratégias para o futuro. Mas não devem colocar no papel coisas que podem mudar em questão de minutos.


MAIS UM CASIM PROCÊS…

As irmãs egípcias Nadia e Hind Wassef não escreveram um plano de negócio quando fundaram a Diwan Bookstore, no Cairo.

Elas simplesmente mapearam um contorno básico do que queriam vender. Abriram sua primeira loja com base em um conceito inicial, e foram fazendo os ajustes necessários antes de expandirem.

Nadia explica: “Havia algo de fantástico em poder ter a fluidez de cometer erros e ter o coração aberto para aprender com eles. De longe, o investimento mais valioso que já fizemos foram nossos erros”.

Hoje, a Diwan Bookstore tem 10 lojas no Cairo e emprega mais de 200 pessoas.



Este conteúdo foi extraído do e-book 5 Conselhos valiosos para se tornar um empreendedor de alto impacto, da Endeavor Brasil.

Compartilha com um amigo empreendedor!


1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo