Buscar
  • Henne Danif

QUE TIME É TEU?




Salve, salve, campeões!

Hoje a bola rola no campo dos Recursos Humanos. O papo é sobre a maneira correta de montar o time da sua empresa, a fim de gerar entrosamento e colecionar vitórias no jogo do empreendedorismo!

Fique de olho em cada lance — e no fim, você é quem vai comemorar!


DO GOLEIRO AO CENTROAVANTE


Antes do apito inicial, seu empreendimento precisa entrar em campo tendo bem definidas as posições de cada funcionário, e quais são os fundamentos essenciais para que o time tenha sua máxima performance.

Tudo começa com uma lista básica:

o Dê nome à função

o Descreva, brevemente, a função

o Defina qual cargo oferecerá a cada perfil profissional

o Estabeleça a qualificação necessária para seu funcionário

o Entenda como se dará o encaixe na estrutura


Feito isso, o desafio passa a ser: escolher e capacitar os atletas do seu time.


AVANCE AS FASES


01| criação Somente os sócios (bonequinhos que representam o presidente do clube, de terno, e o treinador, de boné, com uma prancheta) O empreendedor e os sócios concentram todas as tarefas e colocam a mão na massa, porque ainda não existe uma equipe.


02| startup de 3 a 5 pessoas (bonequinhos: o goleiro e mais dois zagueiros) A estrutura começa a aumentar, e todo mundo faz um pouco de tudo. Nessa fase, o empreendedor deve listar as principais funções e definir as pessoas que formarão a primeira equipe.


03| fase inicial de 4 a 8 pessoas Com novas contratações para tarefas secundárias, a empresa começa a ter uma estrutura organizacional.


04| crescimento de 6 a 12 pessoas A estrutura se reforça com a contratação de gerentes. Começa a haver uma distribuição formal de responsabilidades. Já é possível desenhar um organograma.


05| maturação acima de 10 funcionários Formalizam-se as áreas de planejamento, gestão de pessoas, financeiro e marketing. A hierarquia define uma estrutura organizacional consistente, que será a base do crescimento da empresa.


“O capital humano de uma empresa está intrinsecamente ligado aos seus talentos, aos profissionais que se destacam por terem alto potencial e alto desempenho. E atraí-lo é possível mesmo para as pequenas organizações, desde que saibam proporcionar autonomia, reconhecimento e propósito.”

Sandra Betti, especialista em assessment center, identificação de talentos, desenvolvimento gerencial e team building



O QUE MOVE ESSE TIME?

O profissional é atraído para uma empresa por causa da motivação do empreendedor, e pela possibilidade de fazer a diferença no mundo.

Seu papel como empreendedor é reconhecer aqueles que estiverem com você desde o início. Os profissionais que começam juntos, que se dedicam e abraçam a causa, devem sentir que estão crescendo junto com a empresa.

O melhor caminho para atrair os melhores profissionais é compartilhar seu sonho e vender sua ideia de forma inspiradora.



Este conteúdo foi baseado no e-book 5 passos para construir uma grande equipe, da Endeavor Brasil.

Compartilhe com um amigo empreendedor!

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo