Buscar
  • Henne Danif

TESOURA NERVOSA



Fala comigo, meus queridos! Não se assustem com essa imagem... hoje eu resolvi aparecer assim, muito louco, a fim de chamar a atenção para um aspecto que é DECISIVO para o crescimento do seu negócio: as maneiras de CORTAR CUSTOS!

A redução de custos decorre das melhorias nas ações e nos processos da empresa, que devem ser implementadas após um planejamento realista, pautado pelas características do negócio.

Então, faz assim: cola comigo que não tem erro, meus fiii!



RAIO-X


O primeiro passo é entender quais são os custos fixos e variáveis, bem como a relação das despesas com os elementos do ecossistema da empresa.

Afinal, não basta listar os gastos, é preciso analisar as suas causas para reduzi-los.

O negócio está inserido em um contexto com outras partes interessadas, como clientes, órgãos públicos, fornecedores, parceiros, acionistas, sócios, colaboradores e afins, e a interação com esses atores pode ser determinante para o aumento ou a redução de custo.

Você deve compreender o quadro geral, a fim de identificar melhorias e reduzir despesas. Se houver dificuldade, não hesite em consultar especialistas externos.




ECONOMIA NA ALMA DA EMPRESA

Incorpore a economia à cultura da empresa. Conceda recompensas individuais ou coletivas, à medida que as metas de economia forem alcançadas.

Invista em marketing interno, palestras e workshops. Enfatize a importância da economia em reuniões. Esses mecanismos farão com que a economia de recursos se torne parte dos valores, hábitos e costumes da organização.


PRIORIZE O IMEDIATO!


Super dica: a princípio, é importante que os gestores atuem nos custos fixos ou variáveis com maior impacto na lucratividade. Isso porque os resultados imediatos motivam as pessoas a seguirem priorizando a economia nas despesas!



A GALERA SABE!


Como estão mais próximos das operações, os colaboradores podem gerar ideias valiosas para a redução de custos. Faça reuniões, pesquisas de campo e entrevistas.


DÁ PARA CORTAR NOS IMPOSTOS

Evite as situações que conduzem à incidência de impostos. Escolha um regime tributário que, em relação ao seu porte, seja o menos dispendioso possível. Busque o auxílio de advogados, contadores e especialistas em gestão.



CONTROLE O TURNOVER

Reduzir a substituição de pessoal elimina custos de recrutamento, treinamento e demissão. O ideal é investir em melhores práticas de liderança e gestão de pessoas, criar planos de carreira e buscar a satisfação dos colaboradores.



QUEM NÃO CHORA, NÃO MAMA


Normalmente, há abertura para negociação com os fornecedores, principalmente, em acordos de longo prazo. Isso porque sempre existirá um concorrente disposto a atender às suas expectativas!


Este conteúdo foi extraído do e-book Guia prático para redução de custos em empresas, da FNQ – Gestão para transformação.

Compartilha com um amigo empreendedor.



3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo