Buscar
  • Henne Danif

VOCÊ ESTÁ FORA! Como lidar com a desconfortável tarefa de demitir seu colaborador



Fala meus fiii! Tá todo mundo aí?

Hoje eu falarei sobre uma das situações mais desagradáveis pelas quais você passará, em algum momento, dentro da sua empresa: a demissão de um funcionário.

A boa notícia é que, se você souber a melhor maneira de fazer isso, pode ajudar a diminuir o peso.

Chega mais então porque essa dica é boa demais da conta!


A PREMISSA É:

Tenha respeito e empatia pelo funcionário que está sendo mandado embora, mantendo a racionalidade. Seja claro e objetivo, sem parecer frio e indiferente.


SEM ESPETÁCULO

Peça para falar com o colaborador em particular, seja na sua sala ou em uma sala reservada. Aja naturalmente, sem clima de enterro, e sem piadinhas para tentar descontrair.

É preferível comunicar no começo da semana e no começo do expediente, para que todos tenham tempo para absorver a notícia.


DIRETO AO PONTO

Não enrole para revelar o motivo da reunião. O funcionário não deve ficar em dúvida se o que está ouvindo um feedback ou uma justificativa de desligamento.

Se prolongar demais para chegar ao ponto, há risco de causar uma angústia desnecessária.


NÃO É FÁCIL PRA NINGUÉM!

É necessário passar segurança na resolução, já que é irreversível. Caso precise repetir alguma informação ou esclarecer melhor algum ponto, tenha paciência. Se é um momento difícil para você, imagine como está sendo para o funcionário demitido.

• Mantenha um clima cordial e tranquilo

• Explique, com clareza, os motivos da demissão

• Retome os pontos já discutidos nas avaliações

• Reconheça as contribuições positivas do funcionário

• Evite pedir desculpas ou mostrar algum tipo de arrependimento


TRANSPARÊNCIA COM A EQUIPE

Rumores sobre a demissão de um colega podem gerar um clima de insegurança entre os demais colaboradores.

Comunique os motivos da demissão de forma objetiva, mas sem expor o funcionário demitido, para não dar margem a boatos negativos.


E NÃO SE ESQUEÇA:

 Garanta que todos os passos legais sejam tomados e que toda a documentação necessária esteja em mãos.

 Mentir está fora de cogitação. Mas saiba prestar algum esclarecimento, caso seja necessário.

 O ideal é que o desligamento seja feito pelo supervisor direto. Descentralizar essa tarefa pode passar a impressão de que não houve consenso.

 Garanta que o funcionário demitido seja tratado com respeito até o fim do processo de desligamento.


Este post foi extraído do portal Monrelo Empreendedorismo.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo