Buscar
  • Henne Danif

SINTA-SE EM CASA



Olá, família!

Hoje a conversa é sobre a importância da harmonia no ambiente de trabalho.

Seu funcionário só produzirá com qualidade se estiver confortável na empresa e sentir confiança nos colegas.

No começo, as pessoas se motivam pela recompensa financeira. Mas à medida que se acostumam com o nível de remuneração, a força motivacional do dinheiro acaba.

Acompanhe mais essa dica do Hennão e faça da sua empresa o segundo lar dos seus colaboradores!

Bora aprender, meu fiiii!


CUIDE DO SEU JARDIM


Cabe ao dono do empreendimento criar ambientes que façam com que as pessoas entreguem o seu melhor.

Além de pagar o salário em dia, você pode fazer a diferença com muito mais!

Pesquisas já comprovaram que as pessoas trocam de emprego por causa do salário.

Mas o salário nunca é o que mantém as pessoas nas organizações.


AQUI VIVE UMA FAMÍLIA FELIZ


Uma pesquisa da Catho, um dos maiores portais brasileiros de recrutamento, aponta que o mais importante para o funcionário é o bom relacionamento com os colegas no ambiente de trabalho.

Em segundo lugar, figurou o reconhecimento profissional. Em terceiro, fazer o que gosta.

Ganhar dinheiro, que muitos acreditam ser o fator principal de motivação, ficou na última posição.

Isso é reflexo de um mercado aquecido, em que o bom profissional consegue atingir seus objetivos financeiros e busca qualidade de vida.



FICA MAIS UM POUCO?


A retenção de talentos é resultado de uma série de iniciativas. Nos casos de sucesso, o que mais conta é a capacidade de entregar valores que sejam percebidos como positivos pelos colaboradores.

Existem 4 pilares para a atração, o desenvolvimento e a retenção de talentos:

o O discurso e exemplo dos líderes

o Os sistemas de trabalho existentes

o As oportunidades de treinamento e desenvolvimento

o A qualidade de vida propiciada às pessoas


“Pessoas que sentem suas vidas equilibradas em todas as dimensões se permitem estar presentes no aqui e agora. Entram em estado de fluxo mais facilmente. Mantêm seu desempenho alto por mais tempo. Cansam-se menos. São mais resilientes. Faltam menos. Ficam menos doentes. Têm um turnover menor. Entregam de forma mais consistente.”


Daniel Castello, consultor em estratégia e gestão de pessoas


Este conteúdo foi baseado no e-book 5 passos para construir uma grande equipe, da Endeavor

Compartilha com um amigo empreendedor





6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo